fbpx 260711774397346
Sem categoria

Sinais que um prédio pode desabar

By 17 de outubro de 2019 No Comments
sinais predio pode desabar

Sinais que um prédio pode desabar

O recente desastre em Fortaleza-CE trouxe atenção aos sinais que um prédio pode desabar. Um prédio de sete andares desabou deixando pelo menos dois mortos, nove feridos e desaparecidos sob os escombros. Engenheiros destacam que quanto mais antigo o edifício, mais importante é realizar manutenções e inspeções periódicas. Alguns sinais, como rachaduras, trincas e fissuras, são alertas que não devem ser ignorados. Veja as recomendações:

Sinais

Trincas, fissuras, rachaduras e até mesmo portas e janelas com dificuldade para serem fechadas podem indicar problemas na estrutura do edifício. Lajes e vigas são os pontos mais importantes de uma construção, por isso, sinais nesses locais, exigem maior cautela. Aprenda sobre esses temas na nossa aula de Patologia em Edificações.

Função

É importante saber para o quê cada edifício foi projetado e respeitar seu uso. Um prédio projetado para ser uso residencial tem limitações e pode apresentar problemas caso seja utilizado de forma comercial.

Comunicação

Caso seja constatado algum sinal de dano estrutural, os moradores devem acionar a Defesa Civil. O órgão irá inspecionar o imóvel para verificar se é habitável. Caso não ofereça riscos aos habitantes, o órgão indica o tipo de engenheiro que deve ser acionado. É importante lembrar que um prédio tem vários sistemas: elétrico, hidráulico, estrutural. Cada um deles precisa de avaliação de profissionais especializados. No caso de suspeita de risco de incêndio ou em uma situação de emergência, o Corpo de Bombeiros é que deve ser acionado.

Periodicidade

Quanto mais antigo o edifício, maior deve ser a regularidade de inspeções e manutenções. Prédios com mais de 30 anos já exigem uma atenção maior. Temos que pensar nas edificações como mecanismos vivos. Cuidar mais conforme envelhecem e sempre procurar o profissional especializado para tratar os problemas de cada sistema.O ideal seria exigir um “check-up’ geral a cada dez anos dos imóveis.

Responsabilidade

A responsabilidade civil do engenheiro impõe ao encarregado por determinada obra ou serviço a obrigação de reparar os danos patrimoniais ou pessoais ocorridos em face de sua ação ou omissão. Se o profissional não executar o projeto de acordo com o especificado ele assumirá a responsabilidade e caso o projeto esteja errado, o projetista assumirá a responsabilidade, devendo-se lembrar que tanto na elaboração do projeto estrutural como na execução da obra, deve-se considerar as novas especificações da norma em relação ao meio ambiente que a obra está inserida (recobrimento, resistência e fator a/c), fato que em várias das nossas edificações é ignorado e negligenciado principalmente por incrível que pareça pelo desconhecimento dos profissionais, falta de fiscalização efetiva e responsável e pela irresponsabilidade de alguns construtores.

O profissional ainda está sujeito à responsabilidade penal em decorrência de fatos considerados crimes da lei como “crimes contra a incolumidade pública” e “crime de perigo comum”.

Dúvidas?

Estuda para concursos de engenharia e está com alguma dúvida?

Ou precisa que um edital seja analisado ou da resposta de questão (objetiva ou discursiva)?

Fico feliz em ajudar. Envie um “oi” para o meu whatsapp.

Baixe AGORA um Ebook com um Manual completo de Engenharia Civil para Concursos Públicos e esteja preparado para toda e qualquer prova na área! É GRÁTIS!

Bons estudos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of