fbpx 260711774397346
Dicas

Estude em qualquer lugar: dicas de como fazer revisão por áudio

By 1 de abril de 2019 No Comments

O seu dia a dia está muito corrido e parece que nunca consegue um tempinho para estudar? Neste artigo, vamos te ensinar a revisar por áudio. Essa prática vai te ajudar a aproveitar melhor o seu tempo em situações em que o estudo tradicional é impossível, como no trânsito, na academia ou enquanto aguarda uma consulta.

Revisar é a melhor forma de estudar e, mesmo que áudio seja o pior modal de estudo teórico, funciona muito bem quando falamos de revisão. Esses resultados de um longo estudo estão detalhados neste vídeo, confere aí.

A técnica é bem simples: você gravará, com sua própria voz, seus resumos para ouvi-los quando estudar em uma mesa sejam impossíveis, como no carro, ônibus ou na academia. Preparamos um passo a passo para que você a adote no seu cotidiano:

 

 

1. Faça resumos

É muito importante saber diferenciar o que é primordial em cada matéria do seu estudo teórico. Ler e reler o material não ajudam muito quando o assunto é fixação, e por isso os resumos são tão importantes!

Para fazer o seu resumo, traduza com as suas próprias palavras o material estudado. Não vale transcrever trechos relevantes. Explique, no papel, de uma forma que você explicaria para uma criança ou um leigo no assunto. Estudar a partir do seu próprio material vai te ajudar a ter sempre um estudo completo e atualizado.

Uma ótima dica é selecionar os assuntos de cada matéria que realmente caem. Pesquise em provas antigas e estude o edital antes de começar seus estudos.

Neste primeiro momento, deixe seus resumos ainda em forma escrita, em texto.

 

2. Adapte o seu resumo para a versão oral

Quando um assunto já estiver com o resumo em texto mais maduro – você percebe isso quando começa a errar muito menos na resolução de questões – você adapta seu resumo para o modal oral.

Remova tudo o que não faz sentido na versão em áudio e que pode atrapalhar a compreensão.

Além disso, faça adaptações que tragam naturalidade à versão em áudio. Por exemplo, substituir uma frase que diga “como você verá abaixo” por “como você ouvirá a seguir”.

É importante também repassar para texto informações chave presentes, por exemplo, em infográficos. Uma vez que você não conseguirá apresentar a imagem do infográfico por meio do áudio, pensar em uma alternativa, seja excluí-lo do material ou repassar informações contidas nele para texto, são opções a serem consideradas.

Além dos infográficos, você também deve se preocupar em excluir elementos como hiperlinks, legendas ou imagens.

Depois de criar seu novo script, leia-o uma última vez em voz alta para se certificar de que todo o conteúdo faz sentido no formato de áudio.

 

3. Gravação

O terceiro passo é gravá-lo. Você precisará de equipamentos básicos para garantir a qualidade do material: um telefone com gravador já é o bastante.

Na hora da gravação, se certifique de que o ambiente esteja configurado para gravação e que seja silencioso.

Você precisa evitar os ruídos aleatórios que possam aparecer e quaisquer variações na qualidade da gravação. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a fazer isso:

  1. Desligue todos os ventiladores e máquinas que podem fazer qualquer barulho, incluindo ar condicionado;
  2. Leia em uma pequena área, de preferência que tenha carpete;
  3. Fique a uma distância média do microfone;
  4. Leia o texto do começo ao fim e sem parar;
  5. Mantenha sua voz em um nível e tom semelhantes em todas as sessões de gravação.

Agora você pode estar pensando que é trabalhoso demais e querendo comprar resumos prontos ou até áudio-aulas. NÃO FAÇA ISSO! Como dissemos anteriormente, resumos prontos são inúteis e aulas em áudio são a pior opção possível.

O que fará você aprender é o processo de sintetizar as informações. A sinestesia da sua própria voz ajuda no processo de memorização e o ajudará na hora da prova. Não adianta usar material alheio.

 

4. Hora da revisão!

Agora que o áudio está gravado, basta salvá-lo e dar play sempre que quiser revisar determinada matéria.
Uma ótima dica é organizar os arquivos com os nomes de cada uma das matérias e abrir sempre que precisar ou estiver numa situação em que não consegue estudar da maneira original, seja no trânsito ou enquanto caminha para manter a forma.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of