fbpx 260711774397346
Engenharia

Discursivas de Geotecnia

By 26 de junho de 2019 No Comments
geotecnia

Geotecnia

Geotecnia é uma disciplina muito importante em concurso público para engenharia civil. Neste artigo, trazemos questões discursivas de concursos anteriores sobre Fundações, Ensaio de Agregados, Topografia e Solos. Assim, você pode aprofundá-los e revisá-los.

Discursivas

Marcar certo ou errado, ou fazer uma prova de múltipla escolha requer cuidado e atenção. No entanto, para fazer uma boa prova discursiva é preciso algo mais, pois ao contrário dos outros formatos, os “chutes” não são possíveis.

O segredo para uma boa prova discursiva, na verdade, não é um segredo. São dicas que, combinadas com bastante treino, podem transformar a maneira como encara uma prova discursiva.

Na sequência, apresentamos questões de Geotecnia. Você encontra questões objetivas e discursivas gratuitamente, filtrada por disciplina e assunto  no https://engcivil.maquinadeaprovacao.com.br/

Fundações

Câmara de Belo Horizonte – MG

Ano: 2018

Banca: Consulplan

Pergunta

Uma fundação do tipo radier pode estar localizada na superfície ou enterrada no solo para compensar toda ou parte das cargas aplicadas. Com frequência elas são descritas como fundações enterradas, pois trabalham como lajes flutuantes quando parte ou todas as cargas oriundas da superestrutura são compensadas através do embutimento. Os tipos mais comuns de lajes flutuantes são: laje apoiada no greide, laje espessa apoiada sobre um greide e laje rígida (ou nervurada) apoiada sobre um greide. Elabore um texto dissertativo sobre os tipos de lajes flutuantes citados anteriormente.

Resposta

Laje apoiada no greide: é uma laje de concreto apoiada sobre uma superfície acabada de solo. Esse tipo de laje é usado para cargas leves de pilar, tais como em edifícios residenciais ou em estruturas com um ou dois pavimentos de escritórios, e serve para controlar problema estrutural devido a recalque diferencial.

A armadura pode ser de barra convencional ou de cordoalhas protendidas. Esta última é frequentemente utilizada para controlar fissuração, reduzir a espessura do radier e eliminar juntas quando o solo for expansivo ou colapsível. Laje espessa apoiada sobre um greide: é uma laje de concreto apoiada sobre uma superfície acabada de solo e com o aumento de espessura nas regiões de pilares e paredes para melhor resistência do concreto ao cisalhamento. 

Uso semelhante como para laje apoiada em um greide, mas, nesse caso, as cargas dos pilares ou das paredes são maiores, de modo que a espessura da laje sob os pilares e paredes é aumentada para proporcionar a resistência necessária ao cisalhamento. Laje rígida (ou nervurada) apoiada em um greide: é uma laje de concreto apoiada sobre uma superfície acabada de solo com nervuras para aumentar a rigidez da laje. Este tipo de radier é usado particularmente em solos expansivos.

Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes – PE

Ano: 2015

Banca: AOCP

Pergunta

O Engenheiro do Município de Jaboatão dos Guararapes foi requisitado para verificar um recalque que estava acontecendo no prédio da biblioteca municipal.Após várias análises e ensaios chegou à conclusão que a fundação teria que ser reforçada, optando pela execução de um tipo de função denominada de “Estaca Raiz”. Portanto solicita-se que discorra abaixo sobre a metodologia executiva para esse tipo de fundação, citando as três etapas da sua execução:

  1. Perfuração;
  2. Armação;
  3. Concretagem.

Resposta

A perfuração é efetuada pelo sistema rotativo ou roto-percussivo, utilizando um tubo de revestimento em cuja extremidade é acoplada uma coroa de perfuração adequada às características geológicas da obra. O material proveniente da perfuração é eliminado continuamente pelo refluxo do fluído de perfuração através do interstício criado entre o tubo de revestimento e o solo, devido à diferença existente entre diâmetros, lubrificando ainda a coluna e facilitando a descida do tubo.

Concluída a perfuração da estaca com a inclinação e profundidade previstas, procede-se à colocação da armadura que tem o comprimento do fuste. A armadura pode ser constituída por monobarra ou feixe de aço; várias barras de aço com estribo helicoidal formando uma “gaiola”, tubo metálico, ou ainda uma mescla dessas alternativas.

Assim coloca-se o tubo de concretagem até o fundo da perfuração lançando a argamassa de baixo para cima, garantindo-se a troca do fluído de perfuração pela argamassa. Estando toda perfuração preenchida com argamassa, coloca-se um tampão no topo do revestimento precedendo-se a retirada do mesmo com o emprego de um extrator hidráulico e, concomitantemente executa-se a injeção de ar comprimido que é controlado para evitar deformações excessivas do terreno, garantindo a integridade do fuste e também a perfeita aderência da estaca com terreno.

Metrô – DF

Ano: 2014

Banca: IADES

Pergunta

Considerando que um dos tipos de fundações mais comuns no Distrito Federal é a estaca hélice contínua, redija um texto dissertativo e (ou) descritivo abordando, necessariamente, os seguintes tópicos:

  1. processo executivo, controle de execução e ensaios nesse tipo de estaca;
  2. vantagens e desvantagens desse tipo de estaca em relação às demais fundações profundas.

Resposta

As fundações com as estacas hélices consistem na perfuração do solo através de um trado com um tubo central vazado, que desloca a terra para a superfície através das lâminas helicoidais em movimentos rotativos até a profundidade desejada e especificada no projeto da construção. Ao encerrar-se a perfuração, dá-se início a concretagem da estaca ainda com o trado dentro da estaca, o que impede a água do solo de emergir.

Através da bomba de concreto, injeta-se o concreto para dentro da estaca através do tubo central que é liberado na ponta da estaca. Ao passo que o concreto sobe, o trado é retirado lentamente, até que se alcance a superfície, garantindo a ausência de terra, água ou barro no interior da estaca. Retira-se o excesso de concreto até a cota de arrasamento. Coloca-se a ferragem em seguida e a estaca estará pronta.

Como forma de controle, de acordo com a NBR 6122/196, a fim de garantir a integridade destas, exige-se exige um padrão mínimo de ensaios a serem executados nas fundações. Por exemplo, ensaios de penetração quase estática ou dinâmica, ensaios in situ de resistência e deformabilidade.

A estaca do tipo hélice é ideal para estacas que serão realizadas em solos com presença de lençol freático. Utiliza-se essa técnica para substituição com grande vantagens, de estacas do tipo strauss ou pré-moldada.

MPE-PR

Ano: 2014

Banca: ESSP (Adaptada)

Pergunta

Defina fundação superficial e dê pelo menos 03 exemplos de elementos de fundações superficiais.

Resposta

Fundação superficial, rasa ou direta são elementos de fundação em que a carga é transmitida ao terreno, predominantemente pelas pressões distribuídas sob a base da fundação, e em que a profundidade de assentamento em relação ao terreno adjacente é inferior a duas vezes a menor dimensão da fundação.

Incluem-se neste tipo de fundação as sapatas, os blocos, os radier, as sapatas associadas, as vigas de fundação e as sapatas corridas.

Casa de Rui Barbosa

Ano: 2013

Banca: AOCP

Pergunta

Descreva o procedimento para execução de uma estaca tipo Strauss.

Resposta

A estaca Strauss é executada utilizando equipamento mecanizado composto por um tripé, guincho, soquete (pilão) e a sonda (balde). Inicia-se a perfuração utilizando o soquete. Após abertura inicial do furo com o soquete, coloca-se o tubo de molde do mesmo diâmetro da estaca, o soquete é substituído pela sonda com porta e janela a fim de penetrar e remover o solo no seu interior em estado de lama. Alcançado o comprimento desejado da estaca, enche-se de concreto em trechos de 0,5 a 1,0 m que é socado pelo pilão à medida que se vai extraindo o molde formando o bulbo. O procedimento acima se repete, exceto a formação do bulbo, até completar o nível proposto pelo projeto.

Ensaio de Agregados

MPE-PR 

Ano: 2014

Banca: ESSP (Adaptada)

Pergunta

Defina agregado e dê três exemplos.

Resposta

Agregado é um material granular geralmente inerte, com dimensões e propriedades adequadas para a preparação de argamassa ou concreto.

Como exemplos, citam-se: agregado artificial, reciclado, reciclado de resíduo da construção civil, reciclado de concreto (ARC), reciclado misto (ARM), agregado especial, areia, pedra ou brita, pedregulho ou cascalho, pedregulho britado ou cascalho britado.

Topografia

MPE-PR

Ano: 2014

Banca: ESSP 

Pergunta

A execução de levantamento topográfico é destinada a obter o conhecimento geral do terreno. Explique em breves palavras, o que é levantamento topográfico.

Resposta

Levantamento topográfico é o conjunto de métodos e processos, com instrumental adequado à exatidão pretendida, implanta e materializa pontos de apoio no terreno, visa à sua exata representação planimétrica numa escala predeterminada e à sua representação altimétrica por intermédio de curvas de nível.

Através de medições de ângulos horizontais e verticais, de distâncias horizontais, verticais e inclinadas, com instrumental adequado à exatidão pretendida, primordialmente, implanta e materializa pontos de apoio no terreno, determinando suas coordenadas topográficas. 

A estes pontos se relacionam os pontos de detalhes visando à sua exata representação planimétrica numa escala predeterminada e à sua representação altimétrica por intermédio de curvas de nível, com equidistância também predeterminada e/ ou pontos cotados.  

Solos

DesenBahia

Ano: 2014

Banca: ESSP

Pergunta

Pedologia é o estudo do desenvolvimento do solo próximo à superfície.

O perfil do solo geralmente mostra uma sequência de camadas que se estende de 1,5 m a 3,0 m abaixo da superfície. Estas camadas são chamadas de horizontes.

 O perfil de um solo bem desenvolvido possui quatro horizontes, que são divididos. Descreva quais são estes horizontes. 

Resposta

No Horizonte O, a matéria vegetal cobrindo a parte superficial do solo mineral.  A espessura é pequena. Este horizonte está presente apenas em locais com muita vegetação. Não possui valor para a engenharia, quer como material de construção ou de suporte. Portanto, deve sempre ser removido mesmo em obras de pequeno porte.

O Horizonte A representa o solo mineral mais próximo da superfície. Sua principal característica é a matéria orgânica em decomposição. Fonte de sólidos carreados pela água para os horizontes inferiores, é muito poroso, possui alta compressibilidade. Assim, não deve ser aproveitado como material de construção nem como elemento de suporte, mesmo de pequenas obras.

Já o Horizonte B é o receptor dos sólidos carreados de A. Apresenta um desenvolvimento máximo de cor e estrutura. Então, pode ser utilizado como fundação de pequenas estruturas e como material de construção.

Finalmente, os horizontes C e D representam a zona de transição para a rocha. Não são afetados pelos agentes de alteração (Biológicos, Físicos e Químicos) dos horizontes superiores. Por isso, mantém características próximas da sua origem geológica. Nesse sentido, são usados tanto como empréstimo ou fundação.

Dúvidas?

Estuda para concursos de engenharia e está com alguma dúvida?

Ou precisa que um edital seja analisado ou da resposta de questão (objetiva ou discursiva)?

Fico feliz em ajudar. Envie um “oi” para o meu whatsapp.

Baixe AGORA um Ebook com um Manual completo de Engenharia Civil para Concursos Públicos e esteja preparado para toda e qualquer prova na área! É GRÁTIS!

Bons estudos.

Leave a Reply